Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

luacheia

Não seja uma bruxinha, vai com as outras Não aceite verdade absolutas dos outros Melhor não aceitar nem as suas verdades absolutas Permita-se mudar Permita-se questionar Permita-se CRIAR e (RE)CRIAR, sempre! Somos bruxinhas do bem!

luacheia

Não seja uma bruxinha, vai com as outras Não aceite verdade absolutas dos outros Melhor não aceitar nem as suas verdades absolutas Permita-se mudar Permita-se questionar Permita-se CRIAR e (RE)CRIAR, sempre! Somos bruxinhas do bem!

28
Mar15

Proteção do Lar "casa" na semana Santa


luacheia

Vamos aproveitar a semana santa para afastar as energias negativas do nosso lar. A bruxinha aqui adora Alecrim, vou ensinar algo simples com esta planta maravilhosa. Deve dar preferência para fazer na quinta ou sexta-feira santa.
Vai precisar:
3 ou 5 galhos de alecrim
3 ou 5 galhos de oliveira
1 pedaço de fita vermelha (tecido, não pode ser plástico)
1 vela branca
Faça um ramo, com alecrim, ou alecrim e oliveira, corte as pontas, e deixe do tamanho que você desejar, não jogue fora as sobras, faça um banho.
Feito o ramo amarre a fita vermelha e dê 3 nós, e peça: Assim como o alecrim secará, também vai secar, a inveja, a bruxaria, feitiçarias, e pragas rogadas do meu lar, da minha família. Coloque o ramo atrás da porta de entrada e deixe secar.
Acenda a vela e reze ave maria e pai nosso.
Quando secar, devolva para natureza e agradeça. (Não jogue no lixo)

Existe uma graciosa lenda a respeito do alecrim:
Quando Maria fugiu para o Egito, levando no colo o menino Jesus, as flores do caminho iam se abrindo à medida que a Sagrada Família passava por elas. O lilás ergueu seus galhos orgulhosos e emplumados, o lírio abriu seu cálice. O alecrim, sem pétalas nem beleza, entristeceu lamentando não poder agradar o menino.
Cansada, Maria parou à beira do rio e, enquanto a criança dormia, lavou suas roupinhas. Em seguida, olhou a seu redor, procurando um lugar para estendê-las e pensou: “O lírio quebrará sob o peso, e o lilás é alto demais”.

Colocou-as então sobre o alecrim e ele suspirou de alegria, agradeceu de coração a nova oportunidade e as sustentou ao sol durante toda a manhã.“Obrigada, gentil alecrim” – disse Maria. “Daqui por diante ostentarás flores azuis para recordarem o manto azul que estou usando. E não apenas flores te dou em agradecimento, mas todos os galhos que sustentaram as roupas do pequeno Jesus, serão aromáticos. Eu abençoo folha, caule e flor, que a partir deste instante terão aroma de santidade e emanarão alegria.”    E assim se fez.
Quando Jesus morreu, com essa mesma essência perfumaram-lhe o corpo.

Na crendice popular, o alecrim é planta mística, cheia de virtudes especiais, o remédio para todos os males...
É planta que nasce benta, porque lembra Jesus do berço ao túmulo.

"Jesus ora no Monte das Oliveiras".
Como de costume, Jesus foi para o monte das Oliveiras, e os seus discípulos o seguiram.
Chegando ao lugar, ele lhes disse: "Orem para que vocês não caiam em tentação".
 Ele se afastou deles a uma pequena distância, ajoelhou-se e começou a orar:
"Pai, se queres, afasta de mim este cálice; contudo, não seja feita a minha vontade, mas a tua".
Apareceu-lhe então um anjo do céu que o fortalecia.
 Estando angustiado, ele orou ainda mais intensamente; e o seu suor era como gotas de sangue que caíam no chão.
Quando se levantou da oração e voltou aos discípulos, encontrou-os dormindo, dominados pela tristeza.
"Por que estão dormindo?", perguntou-lhes. "Levantem-se e orem para que vocês não caiam em tentação!"

Agora já sabem o porque que esta plantas são tão importantes para nós Bruxinhas.

SOMOS BRUXINHAS DO BEM!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub